domingo, 31 de outubro de 2010

Moldura em ponto de cruz

Na vida há sempre uma primeira vez para tudo e, como tal, também para primeiros projectos, os quais, pessoalmente, se destinam a prendas especiais destinadas a quem o é mais ainda.

Não fugindo à regra, há já algum tempo que andava com o "bichinho" de tentar diversificar um pouco mais os trabalhos que faço em ponto de cruz e, assim, surgiu a ideia de começar a fazer molduras para fotos. Contudo, onde encontrar esquemas que se pudessem aplicar a este propósito? E como "construí-las"? Como seria o resultado final?

Bem, perante tantas interrogações, nada como deitar mãos à obra e, tal como diria o meu caro Dr House: "Google it!".

Após digitar as palavras mágicas "molduras em ponto de cruz", acabei por encontrar o que pretendia neste link aqui, pertença de um dos meus cantinhos "obrigatórios" e que podem encontrar aí do lado: o Cantinho do Ponto de Cruz da Marta.

Depois de descarregar os gráficos que a Marta tão gentilmente nos cedeu, restou-me escolher qual o mais apropriado para a ocasião e para a foto escolhida (uma foto de família, que abraça três gerações).

Achei o esquema abaixo o mais indicado, até porque visava emoldurar uma foto durante um passeio no Parque Marechal Carmona, vulgo Parque da Gandarinha, em Cascais.

Escolhido o esquema, cortado e chuleado o quadrilé, encontradas as linhas necessárias, foi tempo de "começar a dar às agulhas". No primeiro dia, ficámos assim:

Entre o segundo e o terceiro, evoluiu-se um pouco mais:

No último dia, os pontos e retoques finais, os pespontos de remate e voilá:

Era chegada a altura que eu mais temia - recortar o espaço para a fotografia. Com muito cuidado e uma tesoura de bordar pequena e bem afiada, obteve-se este resultado:

Tudo bem até aqui. Faltava compor o conjunto e aí é que as coisas ficaram um bocadinho mais difíceis, mas nada que muita paciência (qualidade na qual sou, infelizmente, muito parca), cola para tecido, cartão e uma simples moldura com vidro anti-reflexo não resolvessem.

Eis o resultado final:

Oferecida ainda na noite em que este trabalho final teve lugar, o aniversariante ficou muito sério, depois olhou outra vez e... adorou!

E vocês? Que me dizem?

Rosália.

2 comentários:

Diana disse...

Olá, não conhecia o seu blog...
Adorei os trabalhos.Parabéns.
A moldura ficou linda.
Beijinhos

Fraldinhas disse...

Puxa Rosália.Isso é que foi coragem para tomar esse empreendimento. Mas que belissimo trabalho. Ficou super. Parabens. Beijinhos e bom fim de semana